quarta-feira, 25 de março de 2009

Já dizia Joe Ramone

Vou escrever sobre o que estou pensando, vivo pensando nisso, vivo suando e expelindo essas coisas pelas minhas células mitóticas... mitóticas nao vem de mito, que engracado.
Mas nao tem nada de engracado nesse assunto a nao ser que voce seja um fucking sádico da porra...
Sabe aquela mina bacana, gostosinha, companhia de filmes impactantes, aquela mina que voce ve encanto até na inutilidade frívula com que ela leva sua vida cotidiana, de risadas furtivas de rabo de olho, de sexo animal sem culpa de terca a tarde, de cafunés de manha na cama enrolando prá levantar (pqp, todo mundo tem que se levantar todo dia!!!!) nao se engane meu amigo, atrás dessa bunda convidativa e desse sorriso que te promete o paraíso tem uma escrota que vai exaurir toda a sua capacidade de acreditar na humanidade. É simples, isso deve existir antes mesmo da existência, deve ser uma das regras do universo: QUANDO UM SIM, O OUTRO NAO! Essa regra devia estar junto com as de Newton, Einstein, Pauling e é claro a lei de Murphy, onipresente!
Deve ser um asterisco acompanhado de letras miúdas na tábua dos 11 mandamentos: QUANDO UM SIM, O OUTRO NAO!
Daí, depois que te fodem a vida, que bailam um tango argentino em cima da sua dignidade, que jogam seus sentimentos no lixo, sem separar o que é reciclável, claro... vem aquela sensacao de, vamos lá... racionalizar, descobrir o que aconteceu, buscar motivos, culpados, onde está Wally?
Hey Ho Let´s Go...
Será que foi a diferenca de idade? A barreira cultural? Será que era tudo muito “práfrentex”? E voce com esses seus valores pleistocenicos nao conseguiu acompanhar?!
O caralho com isso tudo!
Nao tem explicacao nao, quando alguém fode com o outro.
Deve ser essa coisa que todo mundo sente, de querer viver uma história mais bonita que a do Robson Cruzoé.
É só vir alguém e te prometer alguma coisa, um mundo cheio de matizes e intensidades, e voce, talvez pensando com a cabeca errada, se muda prá dentro dessa ficcao de segunda, roteiro barato... daí lá pelo meio da história resolvem te deixar, assim sem introducao, aviso prévio ou algo que o valha, vao embora te fodendo da hora... sim, isso nao sai da minha cabeca: quem te fode gostoso, no final acaba fodendo gostoso com a sua vida... de várias formas, todas bem feitas!

E a gente lembra do Augusto dos Anjos:
Escarra na boca que te beija
A mao que afaga é a mesma que apredeja

Hey Ho

2 comentários:

  1. Se vc tivesse me dito tudo isso antes...

    ResponderExcluir
  2. ah! que coisa. mas calma. pode ter sido a primeira, mas não será a última..rs.

    ResponderExcluir